O que é CRM e como ela faz a sua empresa vender mais e melhor?

CRM é a sigla de Customer Relationship Management. Em português, significa Gestão de Relacionamento com o Cliente. Um CRM, em vendas, é um software que representa processos, estratégias e ações que visam prospectar, nutrir, qualificar e, claro: vender mais e melhor.

 

A transformação digital deixou (há muito tempo) de ser um luxo e passou a ser uma necessidade para as empresas. O poder de barganha está com o cliente. Portanto, destacar-se em meio a tanta concorrência tornou-se uma tarefa importantíssima.

 

Dentro deste contexto, o uso de um CRM de vendas é algo extremamente estratégico. Ele permite às empresas organizar seu processo de vendas, ao mesmo tempo em que reduz os custos da operação.

 

Sabe como?

 

Confira neste artigo a partir de agora.

 

Boa leitura!


O que é CRM de vendas e qual o benefícios para as empresas?

 

Antes de falarmos dos benefícios, precisamos esclarecer um pouco melhor o que é CRM de vendas. A sigla, você já sabe o que é. Mas, de modo geral, trata-se de um sistema de vendas que engloba:

 

  • ações;
  • análises;
  • estratégias;
  • gestão;
  • políticas.

 

Tudo isso está voltado para dar uma organização maior no processo de vendas. Tornar todas as etapas mais assertivas, deixando a rotina cada vez mais produtiva.

 

O foco no cliente é, sem medo de errar, um dos principais pontos que o CRM traz para empresas de qualquer segmento e porte.

 

Até porque, convenhamos: dá para contar nos dedos de uma só mão os segmentos que não precisam manter um relacionamento duradouro e positivo com seus clientes, desde o momento da prospecção até a pós-venda.

 

Você sabe muito bem que o relacionamento é um momento-chave, decisivo, para que um cliente opte pela sua empresa – e não pela concorrência.

 

Por isso, o zelo com seus prospect é fundamental: você precisa gerar valor para ele desde o primeiro contato e seguir fazendo isso. Afinal, você quer fidelizá-lo e torná-lo um evangelizador da sua marca, certo?

 

Um CRM ajuda você a tornar a experiência e o sucesso do cliente cada vez melhores. E, se isso acontecer, você gastará menos para adquirir clientes (o famoso CAC) e o seu ciclo de vendas será menor.

 

E o que isso significa? Ora, vender mais e melhor, ao mesmo tempo em que reduz custos com a operação de vendas.


CRM na prática: como de fato ele ajuda as empresas?

 

O CRM ajuda você em todos as etapas do seu processo – e não pode limitar sua empresa na criação de funis. Você pode e deve ter liberdade para criar quantos necessitar.

 

Com o sistema, você usa tags e tem conhecimento preciso de onde vem os seus clientes. Logo, saberá quais os seus melhores canais de aquisição – e poderá focar seus esforços nele, eliminando os que não trazem bons números.

 

Aproveite, para isso, a integração com diversas plataformas de automação de marketing. Assim, você aplica suas estratégias de captação de clientes, nutre eles e deixa-os pronto para o time de pré-vendas agir.

 

O seu time de SDR, com todo histórico de interação com o cliente, já sabe que abordagem realizar. É o momento, também, de se aprofundar: entender quais as dores que ele tem e, de forma didática e consultiva, mostrar com o produto ou serviço vendido ajuda a saná-las.

 

Com telefonia voIP integrada, a equipe consegue ouvir suas ligações com os clientes. Afinal, elas ficam gravadas e salvas dentro de cada oportunidade. Isso ajuda para aprimorar cada vez mais a sua abordagem, aumentando o poder de persuasão. E com templates de email configurados, tornam a conexão muito mais ágil – especialmente para realizar o follow up.


Acelere o fechamento de suas vendas

 

Os vendedores, ao negociarem, contam com recursos para tornar o fechamento das vendas muito mais rápido. Um dos que mais ajudam nisso é o template de propostas e contratos.

 

Esqueça a tarefa robótica de copiar e colar dados do cliente em documentos do Word, enviar pelo correio um contrato e esperar o retorno do mesmo.

 

Pelo CRM, você com um clique envia suas propostas e contratos e, também com um clique, recebe o “sim” do cliente graças à assinatura eletrônica de documentos.

 

Além disso, consegue monitorar se o email com esse documento foi aberto, bem como se o prospect visualizou a sua proposta. Isso é fundamental para você realizar o follow up caso não tenha obtido qualquer resposta.


Como sair de planilha para o CRM?

 

Fazer a transformação digital em vendas na sua empresa nem sempre é uma missão fácil – mas é algo extremamente necessário. 

 

Por isso, inicie:

 

  • Mapeando os problemas que sua empresa tem para relacionar, vender e reter clientes;
  • Indo atrás de informação. Procure saber mais sobre o que é CRM e como ele ajuda as empresas a obterem melhores resultados;
  • Consuma cases de sucesso de empresas que, independente do segmento, corrigiram falhas e cresceram com a tecnologia. Afinal, as dores são parecidas;
  • Depois, comece a procurar por CRMs que façam sentido e que de fato ajudem você;
  • Teste os sistemas que você escolheu e analise se durante o período de teste a empresa teve preocupação em entregar bons conteúdos educacionais à você;
  • Consuma esses conteúdos que ajudarão a entender melhor como na prática funciona o CRM;
  • Esclareça suas dúvidas quando você estiver em contato com o consultor de vendas;
  • Certifique-se que a plataforma permite criar múltiplos funis, tem ações automáticas e que há integrações com outras ferramentas que você usa;
  • Escolha uma empresa com uma área de customer success proativa e preocupada com seu sucesso;
  • Opte por um sistema que seja brasileiro, com suporte em cobrança também nacionais (e escape da flutuação cambial).

 

Obrigado por ler até aqui!

*Este guest post foi escrito pelo CRM PipeRun